quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Escritos de um Sacudidor #3 - Homossexualidade: Dilema do Mundo Contemporâneo

Quanto mais o tempo passa, maior é nossa convivência com o ideal de liberdade: de fazer o que se gosta, vestir como se quer, amar quem se quiser. Sou completamente a favor desse movimento, o liberalismo, na qual cada um de nós realmente é livre para seguir seus próprios caminhos. Para encontrar a felicidade por meios individuais. Existem muitos elementos contrários a tais mudanças, como algumas religiões pregam, mas, afinal, não há o que se fazer: opinião é opinião. Só o conhecimento e a vivência nos mostrará a verdadeira estrada.

Assim início minha nova criação literária abordando um tema polêmico, que envolve questões sociais, psicológicas, etc. A homossexualidade é uma das 4 sexualidades existentes atualmente. As outras são a bissexualidade (atração pelos dois gêneros), heterossexualidade (atração pelo gênero oposto) e a assexualidade (atração nula pelos gêneros). Consiste na atração (sexual, afetiva e romântica) por pessoas do mesmo sexo. Mulheres que gostam de mulheres são chamadas de lésbicas e homens que se sentem atraídos por homens, gays. Acho essas denominações vulgares, então prefiro 'homossexuais'. Você que está lendo, provavelmente têm algum amigo nessa condição, já que, aproximadamente 22% da população mundial apresenta algum grau de tendência homossexual.



É necessário desmitificar a crença no homossexual  (no caso masculino)como sendo alguém 'afeminado', 'educado', 'higiênico' e 'promíscuo', e 'masculina', 'forte' e 'agressiva' (no caso feminino), mesmo que não tenham exatamente todas essas características. Alguns podem tê-las sim, mas isso não é motivo de se agir com menor ou maior respeito a eles, nem define sexualidade.  Existem homens normais, que gostam de jogar futebol, são brincalhões e agem como homens normalmente são, que tem tal desejo pelo mesmo sexo, assim como existem mulheres que são tão femininas quanto as heterossexuais. Além disso, homossexuais não diferem em absolutamente nada das pessoas heterossexuais, apenas no que se refere a orientação sexual. De resto, sofrem dos mesmo problemas, podem criar filhos sem transmitirem problemas psicológicos aos filhos, etc. Apenas enfrentam dificuldades no que se refere ao preconceito. A OMS, a Associação Americana de Psiquiatria, e outros, consideram a homossexualidade uma mera variante da sexualidade humana, algo benéfico, e não uma doença, perversão, ou distúrbio.

Sabiam que a homossexualidade também existe na natureza? Sim, eu também fiquei ''WHAT'S?!'' mas é a realidade. As mais diversas espécies, desde golfinhos até vermes mostraram tal tendência. E na natureza, não existe apenas o sexo reprodutivo, mas a busca pelo prazer. Assim, observamos que tal instinto é onipresente as espécies animais em nosso planeta.

Definir a causa da homossexualidade é algo obtuso. Dizem que pode ser algo genético, ou consequência de fatores como um pai ausente, uma mãe dominadora, ou mesmo devido a um histórico de abuso sexual. Mas ainda é difícil definir se alguém será ou não homossexual. Não existem estudos que comprovem tal fenômenos. Existem meninas muito masculinizadas, que brincam como eles, se vestem como eles, ou garotos muito afeminados, que brincam somente com meninas, etc., que, mesmo tendo essa tendência, não significa que serão homossexuais no futuro. Além disso, quem tem algum tipo de relação sexual com alguém do mesmo sexo, não significa que seja 'gay' (só usei tal termo para evitar a constante repetição de 'homossexual'). Aliás, é normal e até saudável tentar se descobrir através de várias maneiras, e ter uma relação com alguém 'igual' a você é uma delas. A adolescência, por exemplo, traz muita insegurança e conflitos em sobre isso, então, experimentar para se firmar é benigno.





Imagino que a cultura influencie bastante nesse panorama. Por exemplo, na época da Grécia Antiga, a homossexualidade era considerada algo normal e bastante aceito. Já na Idade Média, com as ideias da Igreja, era um pecado mortal, que se pagava com a vida. Mesmo hoje, alguns países ainda aplicam a pena de morte diante da homossexualidade. Felizmente, isso vem mudando hoje em dia. A população da Espanha, por exemplo, um país majoritariamente católico (a religião, geralmente, mais contrária a homossexualidade), tem 88% da população a favor da homossexualidade.






A forma mais grave de preconceito contra os homossexuais é a homofobia, que é a radicalização do ódio contra pessoas que sentem atração pelo mesmo sexo. O engraçado, é que foi feita uma pesquisa, na qual pessoas se 'auto encaixavam' numa escala de 1 a 10 (1 para extremamente gays e 10 para héteros inquestionáveis). Então, eles mostravam fotos de casais homossexuais e heterossexuais junto com a palavra 'eu' e 'outro' (esses últimos em milésimos de segundo). Assim, o cérebro associava a palavra subliminarmente. Por exemplo, se você for hétero, seu cérebro associa mais rapidamente a palavra 'eu' com o casal heterossexual. Porém, se aparecer a palavra 'eu' no casal homossexual, a associação demorará mais. E aí a verdade apareceu: as pessoas que deram 10 a si mesmas na escala, geralmente, demoravam para associar 'outro' com o casal homossexual, ou seja, o 'eu' era associado mais rapidamente. Isso ocorre devido a um sentimento de internalização, ou seja, a pessoa tem medo de expor seus sentimentos por pessoas do mesmo sexo e agem como homofóbicas numa tentativa de sanar seu sofrimento.

Muitas religiões posicionam-se sobre a homossexualidade. Algumas condenam, como o cristianismo, catolicismo, o judaísmo, etc., e outros aceitam bem, como o budismo, espiritismo, entre outros. Felizmente, estão surgindo pessoas dentro dessas religiões contrárias que aceitam bem essa condição, muitas vezes, criando novas correntes religiosas mais liberais e abertas (como no caso do judaísmo progressista). Independente das suas crenças, é bom ter liberdade de se acreditar no que mais encaixa em seu coração. O Espiritismo (minha religião), não condena, nem aprova, mas mantenho minha própria visão da homossexualidade como algo normal, benéfico, e chego a dizer, bonito atualmente. É maravilhoso ver tantas pessoas procurarem sua felicidade, mesmo que seja disforme dos padrões atuais. Ficamos escravos por muito tempo da ignorância e preconceito, e agora que, as almas estão ganhando suas alforrias, veremos um mundo mais colorido!





32 comentários:

Soul Bela disse...

Tenho amigos homossexuais , e tb sou espírita.
Hoje em dia o mundo estão tão intolerante ao que é "diferente" ?!!
Seja orientação sexual , seja na questão padrão de beleza....Quem disse q. todos devam seguir um padrão ??? Nós temos a liberdade de viver como achamos melhor , desde que não prejudique ninguém . Mas parece q. a questão da homofobia está mudando, penso que por ser considerada "crime". E não simplesmente por amor ao próximo.
Gostei de seu post.
Bj
FB
www.soultodamulher.blogspot.com.br

Jessica Nassalves disse...

Eu sou muito a favor de que as pessoas sejam felizes, afinal a vida é tão curta e não sabemos quando ela pode acabar, se você gosta de alguém, ame-a seja ela do mesmo sexo que você ou não.Eu sei que parece óbvio o que eu disse e que não é tão fácil assim, tenho muitos amigos homossexuais tanto meninos quanto meninas e sempre convive normalmente com eles, entendo e apoio, além de não achar nada demais de vê-los beijando ou trocando abraços com seus parceiros, eu vejo amor e não coisas erradas e absurdas como a maioria das pessoas...
Acho que quando as pessoas pararem pra pensar que do mesmo jeito que estão julgando um homossexual, podem estar te julgando por usar óculos, ou por ser alto demais, baixo demais, gordo, magro... enfim, todos somos diferentes e todos temos sentimentos, deveríamos priorizar a felicidade e abraçar as diferenças.
Eu espero um mundo melhor.
Beijinhos

Gabriela Bordin disse...

Gostei MUITO da maneira que você escreveu.. o mundo está mudando, mas infelizmente essa mudança ainda está lenta. Geralmente por conta da religião, as pessoas ainda tem a cabeça muito fechada quanto se trata da homossexualidade. Eu sou bissexual e por conta da minha família ser muito religiosa eu sofro muito preconceito deles mesmos.. espero que um dia eles e a "sociedade" me aceitem como eu sou.
Acho que as pessoas tem que parar de julgar uns aos outros e começarem a se preocupar com coisas mais importantes.
Independente de qualquer coisa, o que deve importar é a felicidade.
Beijoo
http://gabrielabordin.blogspot.com.br/
FB

Erika Monteiro disse...

As pessoas precisam ser felizes da melhor maneira possível, cada uma sabe o que lhe agrada. As escolhas são pessoais e não temos que nos preocupar com a opinião dos outros. Ótimo post!

FB - Blog Fashion e Bella
www.fashionebella.com.br

Adriana Rocha de Almeida disse...

Pense que, se cada um se preocupasse com sua vida, não teria tempo em ficar analisando a dos outros. Cada um vive como quer.
FB
http://meninamulhercomglitter.com

Cassy Deschamps disse...

Você escreve muito bem, parabéns. ótimo tema escolhido para a postagem.
FB http://wewantdreaming.blogspot.com.br/

Viick Thomaz disse...

Adorei o testo :D
Beijus, www.brilhesempre.com

Viick Thomaz disse...

*texto

Prioridade de Mãe disse...

Olá vim te visitar e já estou te seguindo ;)

Faço parte da Agenda dos Blogs e quero aproveitar para te convidar para participar do Blogs+ no blog Prioridade de Mãe.

Venha divulgar seu Blog ou Rede nesse espaço.

Não fique de fora!

Dá uma passadinha lá pra conferir.

Beijoooooos*

Prioridade de Mãe disse...

O link: http://prioridadedemae.blogspot.com.br/p/blogs.html

Íris Ramsés disse...

Rapaz , você escreve muito bem , seu texto é ótimo . Embasamentos , explicações , curti bastante. Com certeza a sexualidade tem sido um tema bem polêmico atualmente , eu creio que todo esse bafafá por causa da opção sexual das pessoas é desnecessário . Cada um que cuide da própria vida e pare de ficar rotulando e classificando os outros . Creio que se as pessoas fossem mais indiferentes a esse tipo de coisa o mundo seria razoavelmente melhor . . .

FB papeldecerejeira.blogspot.com

Rayanna Castelo disse...

Muito completo seu texto, seu senso crítico é incrível! Fico triste porque tenho que lidar com pessoas de mentes pequenas na minha faculdade todos os dias! E você tão novo já tem um pensamento tão amplo e preciso! Parabéns, continue lendo para contribuir e escrever cada vez melhor, o mundo está precisando disso! FB www.canecaquente.com.br

Natalia Cindia disse...

Adoorei o texto!!
Eu tenho fé que uma dia a sociedade ira aceitar de vez essas pessoas!!
Fb
Nathy
http://modaeisaquestao.blogspot.com.br

Talita Fer. disse...

Na minha opinião esse ainda é um assunto muito complicado de ser discutido e você abordou isso muito bem, parabéns;
http://8outubro.blogspot.com.br/

Gilyane Acioly disse...

Não sabia da existência do gênero assexual. Gostei muito do texto, abordou muito bem o tema. Parabéns! Minha opinião sobre o assunto: para a sociedade mudar, temos que começar por nós. Sou totalmente mente aberta sobre homossexualidade. FB: http://garotas-sentem.blogspot.com/

Camila Assis disse...

Essas pessoas são iguais a qualquer outra, adorei o texto, vc escreve muito bem, parabens. Bjinhos
FB http://kmilaassis.blogspot.com.br/

Naiara Rabelo disse...

EU acho que idepedente do sua sexualidade vc merece respeito acima de tudo... hj em dia a maioria já não pensa assim... o que dificulta muito,
www.maquiandopalavras.com

Vitória Cardia disse...

Oi,Tomara que um dia não exista mais nenhum tipo de preconceito no mundo.
http://vitoriacardia.blogspot.com.br/ FB

Daniela Lima disse...

bom, sou evangélica, não preconceituosa.
então acho que esse assunto é bem polêmico.. o que podemos fazer é repeitar o livre arbítrio
FB http://spassodanny-danny.blogspot.com.br/

Nayara Ferreira disse...

Sou super a favor do liberalismo, e super contra a homofobia! Acho que as pessoas fazem o que quiserem com a vida delas, desde que se sintam felizes, bem, que te deem prazer, acho justo! A questão animal eu não sabia, achei incrível!
Acho valida todas as formas de amor, e tenho pra mim que se hoje em dia fosse ensinado mais amor as novas gerações (ao invés de ensinar ganancia, preconceito, que o dinheiro vale tudo, etc) o mundo seria bem mais justo e melhor! Parabéns pelo texto, amei!
tenho amigos homossexuais e tenho casos na família, nunca vi motivos para não serem aceitos ou sofrerem qualquer tipo de injustiça, mas como você disse: opinião é opinião né!

Beijoos!
FB http://nayaraoferreira.blogspot.com.br/

Julini araujo santos disse...

Olá Iago,

Você tem quantos anos mesmo??? Nossa, me identifiquei com a forma que você escreve, lembra muito a minha forma de escrita. Tinha momentos na leitura que parecia ter sido eu quem escreveu. Fiquei impressionada!
Continue assim e escreva mais...quem sabe ainda vou ver um livro seu publicado?
Concordo com seu ponto de vista. Acredito que só a tolerância fará a sociedade mais justa e as pessoas mais felizes.

Bjos,

Ju Santos - FB
http://todaprincesamerece.blogspot.com.br/p/doce-castelo.html

Adrienne Carla disse...

Esse tema sempre será discutido, pois ainda existem muita ignorância e falta de educação entre as pessoas.
http://www.mepintando.com.br/
FB

Joana D'arc disse...

oiii
adorei seu blog :)
Parabéns!!!
Bjos

FB

Angélica Romualdo disse...

Sempre quando se fala em homossexualismo mexe com mtos pontos e sempre vem a tona o preconceito de algumas pessoas e até mesmo aqueles q falam que não tem vira e mexe sempre vem com a piadinha de "ahh ele é uma bichona" e isso querendo ou não acaba ferindo quem é homossexual, por isso que digo que é complicado, penso que todos tem que respeitar a opção sexual de todos e saber lidar e os pais a ensinar os filhos a respeitar. Bjos
FB
http://putztobela.blogspot.com.br

Deborah Ricardo disse...

Adorei seu blog, bastante diferente, fala sobre política e comportamento das pessoas, você escreve muito bem, você dá um ótimo jornalista.

FB

http://www.nerdevaidosa.com/

Bruna e Samantha disse...

Meu conceito sobre isso não muda, cada um tem o direito de amar quem quiser e pensar como quiser, contando que não ofenda os outros

FB- http://entrenumeros-letras.blogspot.com.br/

Renata Grisi disse...

Cada um tem a opção sexual que quiser e ninguém tem nada a ver com isso.
Feliz Natal.
Bjs - http://renatagrisi.blogspot.com

CRIS MARIA disse...

Gostei mto do tema e é bastante polêmico... pra mim o importante é ser feliz e mais nada, espantar c/ isso, se vc ver pai estrupando filha, e gente jogando gasolina em crianças e tacando fogo... isso pra mim sim é espantoso
http://crismaria2013.blogspot.com.br/
FB

iza artes e criações disse...

"Oi , vi seu blog na lista do blog "Agenda dos blogs" vim conhecer e já estou te seguindo , vem seguir o meu também"
http://izaartesecriacoes.blogspot.com.br/

Dayana Martins disse...

Primeiramente, quero parabenizar você pelo texto! Eu sou totalmente a favor das pessoas serem feliz, sendo com uma pessoa do sexo oposto ou não. Estou seguindo aqui também ..
Surpresas dos dezesseis

Mulher Fashioon Vanda Ramos disse...

Amiga sua escrita e perfeita Otima mesmo parabens conheço varios casais e confesso sao pessoas honestas trabalhadoras e vivem muito bem se respeitao importante eo amor bjus FB http://mulherfashioon.blogspot.com.br/

Feito Lua disse...

Nossa, gostei muito do post. Sabe, eu penso assim. Cada um tem a sua vida e faz o que quiser dela. Temos que respeitar. Assim como tem gente que diz que não gosta e tudo mais. A pessoa ta no direito dela. O fato que deve ser levado em conta é respeito. Respeitar se a pessoa é homo, bi, etc e se diz que não gosta. Mas partir pra agressão é outra coisa. As pessoas confundem muito isso.
Infelizmente não vou poder seguir teu blog, pq estou viajando só tenho 3g, dai no celular nao aparece o quadrinho de seguidores. Mas com certeza vou voltar, porque esse blog é a minha cara haha
Beijoss
FB

Postar um comentário

Oi, deixe a sua opinião! Sempre que possível irei respondê-la ok?